BORAnaOBRA

Como começar seu escritório ou construtora do zero

Como começar seu escritório ou construtora do zero
Escritório do BORAnaOBRA

Começar um escritório ou construtura do zero se torna muito difícil se você não souber a direção certa.

A primeira coisa que precisamos comentar sobre esse assunto é a lição que o empresário bilionário Flávio Augusto sempre diz:

Para você fazer qualquer ação na sua vida você precisa ter 3 coisas:

Visão, Coragem e Competência.

Competência

A competência é tudo aquilo que você adquire tecnicamente, como as experiências prévias que você tem, tanto em lugares que já trabalhou quanto a experiência que você traz da faculdade.

Se você tem uma formação em arquitetura, engenharia ou design de interiores, sim, você tem o básico para começar.

Para muitos, as faculdades não foram suficientemente completas, não entregaram às vezes, um conteúdo suficiente para você poder entrar em campo e agir, mas saiba que, o mínimo da competência você tem sim.

E mesmo se não tiver, existem centenas de milhares de conteúdos, inclusive nossos, que podem te ajudar nos primeiros passos.

Visão

Você tem que ter a visão de onde quer chegar. Isso é ambição. E ambição é diferente de ganância!!

Precisamos realmente interiorizar que é preciso ter ambição na vida. Boas ambições como crescer, ter qualidade de vida, poder oferecer o melhor para sua família, chegar onde você quer chegar…

Você é merecedor de tudo isso, no momento que você se esforça e coloca em prática as estratégias certas.

O Flávio Augusto não tem diploma de nada. Sendo assim, todo novo negócio, todo novo empreendimento que ele vai entrar, ele vai em busca do conhecimento específico, se consultando com as pessoas que são especialistas naquela área, para tomada de decisão dele.

Seja mais intencional! Vá atrás do conhecimento específico para você colocar em prática e atingir um objetivo específico. Se você já tem o seu diploma, não justifica você não progredir, não ter ambição na sua vida e na sua carreira.

Coragem

Após formados, nós tivemos experiências em outros escritórios e construtoras. Aprendemos bastante, mas a vida é uma caixinha de surpresas. 

Com uma filha pequena, um salário de estagiária da Rafa e uma demissão minha, tivemos que nos reinventar.

Estávamos os dois desempregados, a minha rescisão era o suficiente para viver 3 ou 4 meses. Começamos a passar muito perrengue financeiro, sem ter grana para nada mesmo.

Foi quando a gente decidiu abrir um escritório juntos.

Pegávamos um projeto aqui, outro ali, mas era 1 a cada 3 meses.

Mas foi nesse momento de necessidade, que a música salvou a gente. Peguei o violão e voltei a tocar em barzinho, inclusive ganhei R$136,00 em uma noite e fui direto no supermercado, comprar tudo do mais barato para fazer o dinheiro render.

O interessante é que achei que nunca ia ganhar dinheiro com a música, mas foi justamente a música, que salvou a gente nessa transição de iniciar o escritório e não ter clientes.

Começamos a pegar alguns projetos, e nem tínhamos nome de escritório.

A gente estava pegando vários projetos que não davam para considerar portfólio e estávamos precificando errado.

Ou seja, a gente não tinha portfólio e não tinha dinheiro.

O Plano A

Precisamos entender a realidade que estamos  instalados, e fazer o melhor que podemos naquela realidade. Fazer o melhor que você pode com aquilo que você tem na mão.

O Plano B das pessoas de sucesso é fazer o plano A dar certo.

Se eu puder dar uma #dicapedrada para você em relação a isso é: acredite no plano A.

Eu não sei você, mas gosto de me inspirar em pessoas. Inspiração não é para você usar só daquele jeito romântico, é para você pegar e fazer igual, melhorar e modelar.

Modelagem é uma técnica que os bilionários usam, para poder alavancar e chegar de forma mais rápida em resultados maiores.

Modelar pessoas que já fizeram antes de você, para você ganhar tempo, poupar dinheiro e pegar atalhos rumo aos seus objetivos.

Thomas Edison fez 10 mil vezes a tentativa de fazer a lâmpada. Ele não fracassou 10 vezes. Ele descobriu 10 mil formas de como não fazer aquilo. Até que deu certo.

Ou seja, se dessa forma não deu certo, vou tentar assim, e assim por diante… você vai subindo degraus para conseguir chegar onde você quer chegar.

Começando do ZERO

Abrir uma empresa não é ter CNPJ e uma plaquinha na porta não. A gente se posicionou como empresa, desde o primeiro dia. E abrir a empresa para nós, foi decidir o nome e fazer a logo.

Logo depois fizemos os trâmites legais é claro, oficializamo o CNPJ e tudo mais. Mas o ponto aqui é que para começar a ser empresa, basta você ser ver como empresa.

Hoje, qualquer ser humano pode trabalhar o seu marketing. Você que está lendo esse conteúdo, você tem tudo que é preciso na sua mão. É só isso que você precisa.

O primeiro site do BORA fomos nós que fizemos, mesmo sendo zero à esquerda em tecnologia. Assistindo tutorial de madrugada, ligando para amigo, entrando em fórum, com filha pequena… e eu falo isso não para me gabar, mas para você ver que é possível.

Apareça e cresça! Você precisa ter presença digital! 

As entradas dos nossos projetos começaram assim. A gente começou a trabalhar marketing, rede social, site…

E um dos projetos mais incríveis que fizemos veio de um cliente que nos conheceu no youtube.

Foi o Projeto da casa Pequi. Uma casa de alto padrão, do jeito que sempre sonhamos em fazer. 

Naquele momento ainda éramos um escritório pequeno, mas como disse, sempre nos posicionando da forma que gostaríamos de ser vistos.

A casa PEQUI

Casa Pequi

O Daniel, filho do casal que nos contratou, foi quem nos encontrou na internet. Ele viu um dos nossos vídeos do youtube mostrando uma obra em andamento, e nas palavras dele “achou a explicação muito fácil de entender”.

Foi o Daniel que nos apresentou seus pais, um casal apaixonado por Brasília, por arquitetura e que já haviam procurado escritórios bem grandes antes de nos acharem (essa informação nós só soubemos muito tempo depois). 

Na época, não tínhamos um portfólio grande, fazíamos marketing e mantínhamos um posicionamento, mas nada tão grande quanto o projeto deles.

Ainda assim eles optaram por nos contratar. Recentemente a cliente, Débora disse que tomou essa decisão porque olhou nos olhos da Rafa e pensou: “essa menina vai realizar o nosso sonho”.

E de fato encaramos com todas as nossas forças aquele projeto. Era quase como o projeto da vida ali.

Clientes que realmente apreciam arquitetura, passavam uma confiança de que estavam satisfeitos com a escolha deles.

A casa Pequi ganhou esse nome porque o casal adora pequi e queriam plantar um nos arredores da casa.

Quando chegamos para conhecer o terreno, descobrimos que já tinha um pé plantado ali. Os clientes adoraram.

A ideia do projeto então foi virar toda a casa para o pé de pequi. Ele ficava perto do muro e hoje atrai muitas aves. Ele é a chave do projeto.

Todo o processo do projeto foi muito colaborativo, os clientes participaram bastante e quando apresentamos o primeiro estudo preliminar, eles amaram de primeira.

Realize sonhos

Não desista! Entenda que desistir, não é uma opção. Se você acredita nisso, vai. É possível, hoje você tem tudo na mão. Cuida do seu marketing. Apareça e cresça.

E queremos te ajudar ainda mais, nos próximos dias 06 e 07 de Julho, iremos transmitir gratuitamente o curso Como Começar seu Escritório ou Construtora do Zero. 

Aperte aqui e entre no grupo para ter acesso. 

Esse é um curso exclusivo do BORAplay e será transmitido gratuitamente apenas para quem estiver no grupo privado. Não terá replay.

Aproveite essa oportunidade,

Quero entrar no grupo

BORA!

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado.