BORAnaOBRA

Como lidar com a concorrência

BORAnaOBRA
Escrito por BORAnaOBRA em
Como lidar com a concorrência
RECEBA NOSSO MELHOR CONTEÚDO EM PRIMEIRA MÃO

Faça parte da Comunidade de Profissionais da Construção Civil que mais cresce nesse país!

Talvez você não fique feliz com o que vai ler nesse artigo, mas sinceramente, você pode ser um dos responsáveis pela concorrência desleal que existe no nosso mercado.

 

BORA comigo que eu vou te explicar como, em passos simples, podemos elevar o nível profissional e criarmos um mercado mais justo pra todo mundo!

 

Muitas vezes, nós profissionais, pensamos que a solução para o mercado vai ser DERROTARMOS a concorrência. Mas, definitivamente, não é assim que funciona!

 

Precisamos elevar o nível do jogo profissional e colocar o nosso mercado pra evoluir.

 

Realmente, existem profissionais que não sabem cobrar e que prostituem o mercado. E existem as principais causas disso.

 

Os clientes estão perdendo a percepção de valor

 

O cliente que contrata o profissional pode estar com uma percepção de valor baixa sobre ele.

 

Muitas vezes eles vêem o projeto como uma “plantinha”, um mau necessário, usam o profissional só pra assinar um “projetinho”.

 

Isso faz com que o profissional perca toda a sua autoridade perante o mercado e àquilo que ele faz.

 

O que as pessoas não sabem é que sim, as coisas fluem melhor, saem mais barato, não tem desperdício de dinheiro nem de tempo quando você tem o auxílio de um bom profissional, alguém capacitado de verdade, que entregue aquilo que o cliente precisa!

 

O preço da concorrência é menor, certo? De primeira pode parecer que o preço vale a pena, afinal é mais barato, e que você vai estar ganhando com isso.

 

Mas há barato que sai caro.

 

O profissional que estudou pra isso e sabe exatamente o que está fazendo, tem VALOR! Não tem como comparar. Entende?

 

E quando o cliente entende isso, o seu valor foi notado com sucesso.

 

Os profissionais não sabem cobrar

 

Bom, você já entendeu que um ponto delicado é essa percepção de valor que os clientes têm dos arquitetos e engenheiros.

 

Definitivamente precisamos melhorar isso, mas calma que eu ainda vou te falar como fazer isso de forma mais detalhada.

 

Agora, outra causa que agrava muito o problema da concorrência desleal é o fato dos profissionais simplesmente não saberem como cobrar.

 

Acabam cobrando pela cara do cliente ou então por metro quadrado, que é a pior forma que você pode cobrar.

 

E sabe o que mais?

 

Além de ser a pior, é a forma MAIS UTILIZADA pelos profissionais que não sabem cobrar pelos seus serviços.

 

Então é importante não cobrar de qualquer jeito, sem embasamento.

 

Sim, é duro dizer e aceitar isso! 

 

Mas tem muito profissional fazendo besteira. E isso acaba causando o maior de nossos problemas em relação a concorrência…

 

O nosso maior concorrente, na verdade, é a MÁ FAMA do mercado de construção que está impregnada na cabeça das pessoas! E precisa sair logo de lá!

 

Pois é, todo mundo acha que só de entrar no canteiro de obra vai dar errado, vai demorar, não vai sair do jeito esperado, os profissionais não vão dar o suporte necessário e muitas inseguranças mais…

 

É contra essa imagem e essa má fama que precisamos lutar!

 

Se nós não nos unirmos, arquitetos, engenheiros, designers, fornecedores e não pararmos de jogar a culpa de um pro outro, o mercado nunca irá evoluir.

 

Vamos melhorar a qualidade do mercado e a imagem dele! E o nosso compromisso como profissional é realizar o sonho dos clientes pra que essa qualidade de mercado seja elevada.

Enquanto isso não acontecer, as pessoas vão continuar achando que obra é dor de cabeça e elas continuarão no looping eterno de não quererem fazer obra.

 

E a gente, como profissional? Simplesmente não vamos a lugar nenhum, não vamos conseguir respeito e o mercado continuará como está.

 

Conhece alguém que preferiu viajar, fazer festa pros filhos, comprar um carro do que fazer alguma obra na própria casa?

 

Deixou de investir no seu lar, onde ele passa a maior parte do tempo, pra ele ter mais conforto, aconchego e poder aproveitar com a sua família?

 

Se sim, sabe por que ele fez isso?

 

Ele tem medo!

 

Tem medo de não terminar no prazo, de não conseguir concluir a obra do jeitinho que ele sonhou, porque ele sabe que vai demorar, vai gastar mais dinheiro que o esperado, que será realmente uma dor de cabeça!

 

Posicionamento é o diferencial

 

A partir do momento que você deixa claro pro cliente o seu diferencial, agregando valor, o caminho que ele vai passar na prestação desse serviço, os benefícios que ele vai ganhar te contratando e os problemas que ele vai evitar seguindo junto com VOCÊ, a sua autoridade é despertada ali.

 

É importante mostrar que você entende o que está fazendo, por isso ele te contratou pra fazer aquele serviço, certo?

 

Pessoas se conectam com pessoas 

 

Os seus valores pessoais ou os valores da sua empresa são mais importantes para o seu cliente do que o produto que você entrega, afinal, pessoas se conectam com outras através dos valores pessoais.

 

A ética, algo que deveria ser simplesmente uma obrigação, acabou se tornando um grande diferencial no mercado.

 

A falta dela, da ética, é uma das maiores responsáveis por essa má fama que nosso mercado tem. Precisamos cuidar para que todas as nossas ações, todos os serviços prestados, levem a bandeira da ética na frente, pois isso vai elevar o nível do nosso mercado.

 

O mercado é egoísta

 

As pessoas acham que quanto mais você passar coisas que você sabe pra outros profissionais, mais concorrência elas estarão gerando.

 

Se você acha, que quanto mais compartilhar, mais criará concorrência, você está errado! Capacitar a sua concorrência é uma das melhores maneiras de subir a régua do mercado de projetos e obras!

 

Se você for pensar só pelo lado do mercado, tudo bem. A justificativa que eu te daria é pensar em aumentar a régua dele e isso já seria uma forma de te convencer.

 

Compartilhando conhecimento, mais pessoas saberiam como cobrar, como mostrar o seu valor e isso já seria de grande ajuda.

 

Mas mais que isso, você pode pensar pelo lado coletivo da coisa. Quando você compartilha com alguém a chance de VOCÊ também crescer é enorme!

 

Uma ótima forma de começar a fazer isso pra melhorar o mercado, é fazendo parcerias, por exemplo.

 

Chame parceiros para executar seus projetos, conheça novos fornecedores, ajude o estagiário recém formado a como se cobra de maneira correta.

 

Entende o que eu quero dizer?

 

E como nós sempre precisamos evoluir e melhorar, é importante compartilhar num mercado onde as pessoas não dividem conhecimento com o outro.

 

Falando em compartilhar, em contribuir, preciso te fazer um convite!

 

Vai acontecer o Workshop Projetos e Obras Memoráveis!

 

Será nos dias 18, 19, 20 e 21 de Novembro e serão 4 dias de aulas incríveis GRATUITAS que vão te mostrar tudo sobre Projeto Executivo, Orçamento de Obra, Planejamento, Precificação e muito mais…

 

Além dessas aulas, você terá acesso a uma comunidade exclusiva e lives diárias de aquecimento com convidados especiais.

 

Então, mais uma vez, vamos juntos para combater de vez essa má fama que está na cabeça das pessoas de que obra é dor de cabeça, já que ESSA sim é a nossa maior concorrente.

 

Não tenha medo de compartilhar seus conhecimentos, aprenda a precificar da forma correta, posicione-se com autoridade perante o mercado e se conecte com as pessoas. Isso tem valor!

 

Não perca a oportunidade de estar presente no Workshop Projetos e Obras Memoráveis e ter acesso a conteúdos preciosos relacionadas a esse tema.

 

Se você quer aprender e ajudar a melhorar o mercado que estamos atualmente, vamos compartilhar esse artigo pra que mais profissionais pensem nisso, que queiram acabar com essa concorrência desleal e aprendam muito sobre o assunto.

 

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *