BORAnaOBRA

Construção a Seco - vantagens deste método

BORAnaOBRA
Escrito por BORAnaOBRA em
Construção a Seco - vantagens deste método

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Você já parou para pensar em quais são os reais impactos que a construção civil vem trazendo para o planeta?

Entulhos e materiais desperdiçados

Ainda que se trate do nicho de pequenas e médias obras, sabemos que a geração de resíduos e até mesmo de desperdício são pontos que devem ser considerados no seu planejamento.

Neste sentido, surge outro importante ponto: quais são os grandes desafios a serem vencidos?

Certamente uma das primeiras respostas que vem à mente é o processo fragmentado dentro da construção civil.

Para que seja possível a resolução desse problema é preciso pensar no sistema de forma integrada, planejada.  

Pensar em construções verdadeiramente sustentáveis é ir além e pensar no sistema construtivo, nos impactos desse processo como um todo.

Além é claro dos impactos gerados na comunidade e nas cidades. É preciso pensar portanto nos impactos ambientais e sociais da construção.

Você já experimentou mapear o tempo gasto com transporte de materiais, concretagem, instalação, mão de obra e se assustou com o tempo global despendido em uma obra?

Quando o assunto é obra, nós falamos da importância de se ter um bom planejamento antes de ir para o canteiro!

Hoje vamos te mostrar um exemplo prático em que o planejamento é fundamental e imprescindível de ser feito antes de ir para o canteiro!

Estamos falando de um sistema construtivo que alia tecnologia com a rapidez na execução!

Mas vale lembrar que essa rapidez na execução só é possível em função da etapa de planejamento ser bem executada!

Há um tempo atrás o nosso time esteve presente em um evento chamado Encontro Regional do Centro-Oeste de Construção a Seco – Light Steel Frame.

Este evento ocorreu em Brasília e reuniu grandes profissionais da área em nível nacional.  

Fruto desse encontro, trouxemos para vocês algumas das inovações e vantagens desse tipo de sistema construtivo!

O sistema Light Steel Frame (LSF)  é uma solução atual, que vem ganhando cada vez mais espaço na construção.

O sistema LSF valoriza o projeto!

O tempo gasto em etapas de projeto e planejamento é superior ao tempo gasto em obra!

Como isso é possível?

Aumentar a qualidade pela inovação, o uso da tecnologia e ter processos mapeados e integrados são umas das características comuns à esse sistema construtivo.

É preciso mudar a maneira de como se projeta.

Não há espaço para projetos que não consideram esses aspectos em sua concepção e execução.

Ter a capacidade de gerir empresas e a responsabilidade de fazer que sua força de trabalho se comprometa com esse processo de mudança é certamente um dos pontos que dão espaço para o novo.

A construção industrializada, de forma coordenada é um caminho para o futuro.

É preciso que se tenha flexibilidade.

Os processos de viabilidade de construção precisam considerar o tempo de vida da edificação e como a mesma se comportará em relação ao seu entorno.

Quando se tem um processo de produção diferenciado, deve-se considerar um Estudo de Viabilidade.

É preciso pensar na integração, interconexão, interdependência dos processos.

Só depois do planejamento, do projeto de arquitetura, projeto executivo de engenharia, parte-se para a produção das peças e logística para a entrega das mesmas no canteiro.

Feito isso, quando se parte para o canteiro de obras, o processo construtivo é simplificado e permite que a obra seja concluída com muito mais agilidade que os métodos tradicionais.

Se você está gostando desse tema, não perca também nosso artigo sobre “Como encontrar um bom executor para a sua obra”.

Exemplo de uma construção em Light Steel Frame

O Sistema Light Steel Frame (LSF)

Nesse sistema, o tempo gasto na etapa de projeto e de planejamento deve ser maior!

Nestas etapas é possível mapear a execução da obra como um todo e já saber quanto tempo levará a execução.

O cronograma de obra tende a ser mais preciso inclusive, pois basicamente trata-se de um processo de montagem das peças!

Se o tempo gasto no planejamento é maior, o tempo de execução da obra é menor quando comparado à obras em alvenaria tradicional.

Também nas obras em LSF é possível reduzir e muito os resíduos.

Quase não há sobras e nem desperdício.

Em comparação com a alvenaria, o sistema pode ser feito de forma integrada em steel frame. Pode-se optar pela construção a seco como um todo ou com o sistema misto.

A laje por exemplo, pode receber concreto embora a laje seca seja muito mais rápida.

É necessário que se tenha uma atenção especial ao detalhamento.

No projeto, o sistema deve ser criado em cima de um grid (uma “malha”). Esse grid guiará toda a sua construção com base em uma modulação que você deve verificar com o fabricante!

É necessário também estar presente no canteiro de obras, já que necessita de uma mão de obra mais especializada.

É preciso pensar na logística, como essas peças vão chegar o canteiro?

Para isso, ter um cronograma detalhado é fundamental!

Dentre essas tantas vantagens que citamos, o sistema LSF apresenta um bom custo-benefício, quando se compara o custo global deste tipo de construção com construções feitas 100% em alvenaria, por exemplo.

A economia de tempo, pode ser fundamental para determinado cliente. O que pode ser visto como uma questão de economia financeira!

Por exemplo, se o seu cliente mora de aluguel, o tempo que se economiza na obra e acelera a sua mudança pode ser considerado um impacto positivo no orçamento da obra!

Enquanto está sendo feita a fundação, por exemplo, os painéis podem estar sendo produzidos e os perfis cortados e dobrados! Isso acelera muito o processo.

A água utilizada no canteiro tende a ser inferior do que em construção convencional, onde há água para preparo de massas e cura do concreto.

Isso gera uma economia gritante na conta de água que muitas vezes não é contabilizada no orçamento da obra!

Gera-se também uma redução de contingente de mão de obra, uma vez que no canteiro só são realizados a montagem e instalações.

Nesse sistema, casas podem ser feitas em um período de 120 dias, sendo que, se uma casa de dimensões semelhantes for executada em alvenaria, pode levar um tempo até cinco vezes maior!

Tenho 3 indicações de conteúdos extras sobre novas técnicas construtivas pra você!

  • Assista esse vídeo sobre como se constroem casas nos EUA

  • Gravamos uma entrevista com um engenheiro especialista em LSF, clique para assistir!

  • Após um treinamento que participamos na Gravia gravamos um vídeo com muita informação valiosa pra você.

Quem sabe você passe a utilizar sistemas menos convencionais e mais inovadores nas suas obras e projetos! 🙂

E ai, BORA explorar outros sistemas construtivos?!

Se esse conteúdo foi relevante pra você não deixe de compartilhar com seus amigos!

Vamos juntos, mudar o mercado de construção para melhor!

Rafa e Alex

#BORAnaOBRA

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *