BORAnaOBRA

Passo a passo para se realizar uma obra de sucesso

Passo a passo para se realizar uma obra de sucesso

Você domina todas as etapas de uma obra de reforma?

Muitos problemas na obra acabam acontecendo pela falta de planejamento e de controle da ansiedade do cliente. 

Isso acontece pois ele está sempre cobrando pela conclusão rápida da obra.

E muitos profissionais sentem essa pressão, correm para mostrar que são bons de serviço, mas acabam executando sem o planejamento adequado.

Aliado a isso tem informalidade que domina o mercado de pequenas e médias obras.

São profissionais despreparados que se comprometem com valores e prazos incompatíveis com a realidade, não entregam o resultado prometido, e geram uma má fama para o mercado.

Mas para você não ficar refém da falta de profissionalismo e ajudar a elevar o nível da construção civil no Brasil, elaboramos um passo a passo para te ajudar a realizar uma obra de reforma sem dor de cabeça e prejuízos, prevendo todas as possíveis intercorrências.

Esse passo a passo é o que usamos nas nossas obras, e você pode começar a aplicar aí nas suas também.

Etapas Iniciais

É o momento em que você vai levantar toda a documentação existente, como emitir a sua responsabilidade técnica e estudar as normas do condomínio. 

Além disso, é nesta fase que você deve identificar o local onde vai estocar o material, planejar as entradas e saídas no local e o recolhimento de entulhos da demolição.

Tudo isso deve ser feito antes da obra iniciar para garantir uma obra muito mais organizada.

Mobilização de obra

Este é o momento em que você vai começar a entrar na obra. Esta é a hora de estabelecer onde vai ser o almoxarifado, o vestiário e banheiro da equipe.

Nesta fase os primeiros materiais já estão chegando na obra e a equipe já está mobilizada.

Demolição

Esta fase é mais comum em obras de reforma. Nesta etapa você tem que entender as preocupações que se deve ter para tentar reduzir os impactos de uma demolição.

Os projetos de demolição e construção devem ser estudados e todo o planejamento deve estar muito claro para as equipes de civil entender quais paredes saem e quais ficam.

 A proteção das áreas comuns é uma preocupação que não se pode esquecer nesta etapa, assim como o transporte até a caçamba e descarte.

Alvenaria

Após a demolição e limpeza do espaço, agora é o momento de identificar os ambientes que a nova alvenaria está delimitando. 

É na etapa de alvenaria que a obra começa a tomar forma. A partir daí você vai definir as especificidades de cada ambiente.

Base do contrapiso e contrapiso

Com a delimitação dos espaços com a alvenaria, agora você sabe onde vai ser construído cada ambiente e os níveis necessários para cada piso.

É muito comum haver diferenças entre os níveis, pois possivelmente os ambientes vão receber pisos diferentes. 

Primeiro é feita a base do contrapiso, inclusive é nela que se faz a pré-instalação das caixas sifonadas e ramais de esgoto. 

Depois se instala o contrapiso, que é a camada de acabamento da base do contrapiso.

Além disso, é no contrapiso que se estabelece o caimento, inclinação fundamental para áreas molhadas, principalmente os boxes dos banheiros.

Chapisco e infras

A etapa seguinte é a execução do chapisco que tem a função de melhorar a aderência entre a alvenaria e as próximas camadas. 

Após o chapiscamento, é o momento de passar todas as tubulações, dutos e chumbar as caixinhas. 

Portais e contramarcos

Os nomes podem variar de acordo com a região, mas o importante é entender o momento correto de instalar esses materiais.

Os portais de madeira, que são os mais comuns, normalmente são instalados na alvenaria após o chapisco. Mas eles também podem ser instalados após a etapa seguinte, que é o emboço e emassamento. Nesse caso eles são instalados com espuma expansiva.

Os contramarcos são estruturas em alumínio chumbadas no emboço que recebem as janelas. São os contramarcos que garantem o perfeito encaixe das janelas e evitam o seu emperramento.

Emboço e reboco

Muita gente acaba chamando o emboço de reboco no dia-a-dia das obras. Basicamente o emboço é uma camada de fechamento e nivelamento, o reboco viria como uma camada de regularização.

Emassamento

É o que começa a dar à obra uma cara de acabada, e os clientes gostam muito. Devemos aplicar massas PVA nas áreas secas e massas acrílicas nas áreas molhadas.

Forro

Forros são um dos elementos de maior agressividade na hora da instalação, e por isso recomendamos sempre que toda a parte de acabamentos de uma obra aconteça de cima para baixo.

A dica é compatibilizar seu projeto de forro com o projeto de iluminação. Deixe todos os pontos de iluminação centralizados com os pontos das luminárias que serão embutidas no forro. 

Pisos e revestimentos

É muito importante começar esta etapa fazendo a conferência dos caimentos, principalmente das áreas molhadas. A umidade das áreas molhadas é umas das principais causas de descolamento das peças cerâmicas. 

Os pisos e revestimentos são materiais caros, e é o acabamento que o cliente vê. Por isso, muita atenção com paginação e recortes. 

Bancadas e nichos

Após a instalação dos revestimentos, é o momento de entrar com as bancadas e nichos, pois é possível medir as alturas e comprimentos com exatidão.

Pode haver uma pequena variação nesta ordem de instalação a depender do fabricante, principalmente marcenaria, mas em geral é neste momento.

Pintura

O ideal é dividir a pintura em dois momentos: pintura preliminar e pintura final. A preliminar é logo após a instalação das bancadas e a outra logo após a instalação da marcenaria planejada.

Isso porque a marcenaria sempre acaba deixando seu rastro. Então haverá quinas danificadas, tetos arranhados e manchas de dedos por todos os lados.

Inclusive neste momento é interessante fazer testes de tonalidades e texturas para o cliente escolher. 

Iluminação

Após a pintura preliminar você já pode começar a instalação das suas luminárias funcionais, que são os spots, plafons, sancas iluminadas, fitas de led, etc.

As luminárias decorativas, normalmente bem mais caras, podem ser instaladas ao final da obra, para não serem danificadas.

Louças, metais e acessórios 

Deixamos esse itens o máximo possível para o final, por serem itens mais caros e delicados. Então, após instalados, recomendamos sempre que você os proteja bem: torneiras, sifões, cubas sanitárias, lavatórios, banheiras, etc.

Marcenaria

Existem variações no momento de instalação da marcenaria planejada, mas na maioria das obras vai ser nesta etapa.

Este é um momento muito delicado, pois é comum a marcenaria danificar algumas coisas durante a montagem. Por isso recomendamos muita atenção e cuidado nesta etapa. 

Pintura final

E para finalizar a obra com chave de ouro, é hora de fazer a pintura final, corrigir todos os pontos e fazer uma boa limpeza para entregar para o cliente. 

E se você gostou destas dicas e quer entregar projetos e obras melhores com um nível de qualidade e detalhamento acima do que o mercado oferece, nós temos o livro Guia Definitivo Para Arquitetos e Engenheiros.

Adquira o livro físico e ganhe de presente o ebook por apenas R$ 97,00

Guia Definitivo para Arquitetos e Engenheiros

O que você vai encontrar no Livro?

  • Fundamentos e Estratégias – Tudo o que você precisa saber sobre estratégias práticas para não ter problemas na obra.
  • Vantagens Competitivas – Estratégias para se posicionar melhor no mercado, sentir mais segurança e conquistar um maior reconhecimento.
  • Relação Projeto + Obra – Como esta relação influencia no sucesso do convívio entre cliente, profissional, executor, fornecedores, equipes, etc.
  • Como Funciona – Conceitos como logística de obra, planejamento, cronograma e orçamento e como usar essas ferramentas no mundo das pequenas e médias obras.
  • Exemplos Práticos – Como evitar diversos problemas comuns que colaboram para a fama de que Obra é sinônimo de dor de cabeça
  • Responsabilidades – Conheça quem é responsável pelo quê no canteiro de obras. Quais os deveres e responsabilidades de cada um.

O Guia Definitivo para Arquitetos e Engenheiros está sendo um sucesso de vendas.  Já foram mais de 1.500 exemplares vendidos.

Este livro é fruto dos dos resultados em quase 15 anos de experiências práticas do Grupo Bora no mundo das obras e dos projetos, atuando principalmente em pequenos e médios empreendimentos. 

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *